Notícias - Destaques

18 DE AGOSTO FOI DIA DE LUTA EM DEFESA DOS DIREITOS E DOS SERVIÇOS PÚBLICOS DIA DE LUTA CONTRA O GENOCIDA GOVERNO BOLSONARO

O dia 18 de agosto amanheceu com muita luta nos locais de trabalho, contra a reforma administrativa do governo Bolsonaro, a PEC 32 que além de atacar direitos dos servidores, avança na destruição dos serviços públicos que atendem diretamente a população trabalhadora, como saúde, assistência e seguridade social, educação, correios, saneamento entre outros. Junto com a PEC 32, as privatizações têm o mesmo objetivo de destruir empregos, direitos e o atendimento à população trabalhadora, é transformar as estatais em fonte de lucro para o Capital.

O dia também foi de luta contra a Medida Provisória 1045, que aprofunda os ataques da reforma trabalhista de 2017 criando contratações sem nenhum direito trabalhista, permitindo aos patrões continuarem com as demissões, reduzirem salários e passarem por cima de direitos básicos.

Em todas as regiões do país aconteceram assembleias, panfletagens nas mais diversas categorias e paralisações nos serviços públicos para mostrar que lutar contra a reforma administrativa é lutar em defesa do serviço público, lutar contra as medidas provisórias é lutar em defesa dos direitos que esse governo da morte quer exterminar.

O 18 de agosto foi mais um dia importante para avançarmos na construção da necessária greve geral, instrumento legítimo de luta da classe trabalhadora e necessário para fortalecer a luta pelo fora Bolsonaro e principalmente contra a ação do Capital que se utiliza desse governo genocida para aprofundar os ataques contra nossos direitos e nossas vidas.

FONTE: INTERSINDICAL – INSTRUMENTO DE LUTA E ORGANIZAÇÃO DA CLASSE TRABALHADORA

 

CAMPINAS/SP

SANTOS/SP

SÃO PAULO/CAPITAL

 

MATO GROSSO

 

PARANÁ

RIO DE JANEIRO/RJ

Jornal da Categoria