Notícias

EM DEFESA DO CONJUNTO DA CLASSE TRABALHADORA E DE SUAS LUTAS, VAMOS JUNTOS DIZER NÃO A BOLSONARO

Fonte: Intersindical

Dia 29/09, a Intersindical estará nas manifestações que ocorrerão pelo país afora contra Bolsonaro, o candidato que quer o fim dos direitos e o avanço da violência contra trabalhadores, mulheres, homossexuais, negros e jovens da periferia

A Intersindical – Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora, estará presente nas manifestações organizadas pelo país afora contra Jair Bolsonaro que a cada dia escancara seu objetivo: avançar ainda mais contra os direitos da classe trabalhadora, intensificar a criminalização e a violência contra as Organizações de luta dos trabalhadores, aprofundar a exploração e a opressão contra as mulheres, atacar homossexuais e liberar geral as armas para os órgãos oficiais e oficiosos do Estado seguirem matando nossos jovens e negros nas periferias.

A organização da manifestação que começou pelo movimento “Mulheres contra Bolsonaro”, atravessou as cercas do gênero e se amplia para uma grande mobilização que deve ser de classe, da classe trabalhadora contra uma candidatura da extrema direita que de tempos em tempos é liberada pela grande burguesia para destilar seu ódio de classe contra os trabalhadores.

É preciso fortalecer a luta para impedir a volta de tempos sombrios onde falar e lutar eram motivo de prisão, tortura e morte. Dizer não ao fascismo e lutar por melhores condições de vida e trabalho.

Vamos ocupar as ruas desse sábado com nossas bandeiras e camisas, com nosso vermelho e nosso lilás, pois a luta além de ser feminista, tem que ser classista, em defesa do conjunto da classe trabalhadora.

Jornal da Categoria